Titica | Cantora Entre As 100 Mulheres Mais Bem Sucedidas De África, Segundo Uma Revista. Saiba Mais! - O Portal De Novidades

Últimas Novidades

Post Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 3 de março de 2018

Titica | Cantora Entre As 100 Mulheres Mais Bem Sucedidas De África, Segundo Uma Revista. Saiba Mais!




A artista lançou hoje o seu novo single “Pra Quê Julgar” em todas as plataformas digitais e a faixa está em destaque no Spotify, a maior rede de streaming no mundo! Ao mesmo tempo, foi indicada pela OkayAfrica como uma das 100 mulheres Africanas mais inovadoras.
.
A artista da Banzelos Nations está com um álbum novo e muito boa música para dar, fiquem atentos aos passos de uma das artistas mais irreverentes da música Angolana.
.
 A cantora angolana do estilo kuduro é a única representante do seu país na lista das mulheres mais bem sucedida do continente africano, a distinção foi feita recentemente, pela conceituada revista digital “Okay Africa” dedicada à cultura, música e política africanas.
.
Em forma de homenagem as mulher no mês dedicado a elas, a revista OkayAfrica divulgou pela segunda vez uma lista com as 100 mulheres africanas que mais elevaram o nome do continente africano no exterior, por conta de seus respectivos talentos e influências, tendo incluído a artista Titica na classe dos músicos, sendo por sinal a única angolana da lista, numa lista que trás grandes nomes de mulheres do continente.
Conforme elucida a revista no artigo de apresentação das 100 mulheres mais bem sucedidas de África, as nomeações foram baseadas nos análises das últimas notícias e pesquisas estrelas nos géneros específicos de música, TV e cinema, política e activismo, negócios, moda e beleza, arte, desporto, media e literatura, tudo para homenagear a vanguarda deste ano, revisando completamente percepções velhas do que exactamente significa ser uma mulher africana em qualquer ambiente.
“Essas mulheres não foram escolhidas apenas para sua excelência absoluta; Nós avaliamos seu impacto e influência, e este ano, aprimoramos o componente da construção da comunidade. É uma forma de admirável triunfo para se puxar dos escombros, de circunstâncias desfavoráveis, longe da perseguição, do abuso, da guerra … É outra coisa e, de modo geral, sobre-humano para fugir ao pó de decantação para salvar os outros, nas suas comunidades , seus países, seu continente e o mundo”, lê-se no artigo de apresentação da revista.
Grata pelo reconhecimento da revista Okayafrica, Titica usou as redes sociais para demonstrar o quanto sente-se especial pela distinção, sendo a única angolana na lista a autora do hit “Dogadó”, frisou que o seu sucesso pode reflectir o esforço de suas compatriotas.
“Grata pelo reconhecimento da revista Okayafrica, Mais do que especial esta indicação num grupo de 100 Mulheres Africanas bem sucedidas. Partilho este momento com todas as mulheres de África que olham para o mundo com olhos de ver e não de criticar. “O sucesso de uma é o sucesso de todas”, escreveu Titica.
Vale recordar, que Titica ganhou nesta sexta-feira (02), destaque no Spotify com o seu novo single “Pra Quê Julgar”, lançado na data que se assinala o dia da mulher angolana, na mesma plataforma.
 O.O

Post Top Ad

Responsive Ads Here